Ok

En poursuivant votre navigation sur ce site, vous acceptez l'utilisation de cookies. Ces derniers assurent le bon fonctionnement de nos services. En savoir plus.

  • radio cardal

    radio cardal

  • Rancho folclorico do Pinheirinho - Pombal

     

    Dedicado ao pessoal do Rancho folclorico do Pinheirinho que conheço todos desde sempre e especialmente para o meu novo amigo Londrino que alem de ser meu primo em segundo degrau hahaha da gravidade !!!! sempre o conheci sem conhecer e a dois anos pra ca nas ferias o encontro uma ou duas vezes e confesso que o primo Londrino caiu-me em graça ahha e caso pro dizer - Este ano foi a volta de uma tachada de ossos numa bem simpática tasca em Ansião pela altura das festas - Para ti Londrino um abraço particular hahaha nada de confusões e so estima nada de sexual ahhah.
     
     Amandio de Oliveira
     

     

     

     

     
     
     
     

     

  • Vacas para agarrar na Foz - Sabado dia 06/08/2007

    No dia 06 e 07 de Agosto na parte da tarde e noite fui a festa a aldeia vizinha da minha que e a Foz e aqui fica uma ideia como se pode perder a vida ou ficar aleijado de forma completamente gratuita só para glorificar a coragem dos ( corajosos ) que se la metem ahhahahah eu francamente neste campo sou um pouco covarde !!!! Prefiro não provocar a sorte .... Para estes corajosos um Viva e cuidado pé ligeira se não !!!! zás catrapaz cais ka traz que vaz ver !!!!!

     

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
  • Portugal reconhece a Cientologia como religião

    A Seita da Igreja de cientologia ja pode chupar os pobres desgraçados dos Portugueses como ja fez ou faz o reino Universal da P.ta que os pariu - que ganham a vida a abusar dos mais fracos da sociedade com promessas de vida eterna , como fazem os jeovas e essa cambada de xulllooosss .... já não chegava a igreja católica que agora  se legaliza toda a ciganice que se queira instalar em Portugal.

     Este era o artigo do jornal le Parisien de ontem

    6709eed73448ef910f988003abe7d06c.jpg
    Esta precisado que agora já podem celebrar casamentos e ate visitar presos e doentes o que ate agora era só do domínio da igreja católica
     
    PUTAIN DE TEMPS - como diria o franciu 
     
    -------------------------------
    História antiga em Portugal Jorge Martins com João Henriques

    Igreja de Cientologia (IC). Um nome praticamente desconhecido da maioria dos portugueses. No entanto, milhares de lisboetas já foram abordados por esta organização: é a Igreja que tem por hábito distribuir, junto a algumas estações do Metropolitano, uns panfletos onde se alega, citando Einstein, que só usamos «10% do nosso potencial mental». Através deste meio a Cientologia tem como objectivo estabelecer um primeiro contacto com os potenciais adeptos e também tentar vender o livro de culto da seita, escrito por Hubbard, «Dianética - A Ciência Moderna da Saúde Mental». Este livro tem edição portuguesa, pela Europa-América, e em algumas bibliotecas do nosso país podemos encontrar publicações da Igreja.

    Distúrbios nos anos 70

    A Cientologia foi fundada em 1954, nos Estados Unidos, e pouco mais de uma década depois começou a tentar expandir-se na América Central, Europa e Norte de África. Ronald Hubbard comprou o navio Apollo e, no fim dos anos 60 e início dos 70, visitou vários portos de países que atravessavam crises políticas ou económicas, onde esperava encontrar um clima propício ao funcionamento da Igreja. Portugal esteve em destaque nessa altura. No calendário da IC de 1995 a maior parte das fotografias são dos portos visitados no início da década de 70: Setúbal, Lisboa, Porto e Funchal. Neste se afirma ainda que Hubbard compilou uma «série histórica para o Museu Marítimo de Lisboa» e se menciona o «notável retrato de Marcello Caetano». Na capa, a Torre de Belém...

    William Robertson, Capitão do Apollo na altura, revelou que em 1972 Hubbard alugou um cinema em Lisboa onde toda a tripulação pôde assistir à estreia mundial do filme «As Borboletas estão livres», do realizador Milton Katselas (um cientologista). Também existe outro relato segundo o qual Hubbard teria alugado um cinema em Portugal, por volta da mesma altura, para a gravação de um álbum da sua banda privada, os Apollo Stars.

    Quando visitava os portos marítimos (por vezes com muita frequência), o navio geralmente despertava algumas suspeitas relativas à sua misteriosa actividade. No entanto, os cientologistas respondiam sempre com a mesma estória: estavam a treinar executivos em técnicas de gestão. A 3 de Outubro de 1974, no Funchal, estava prevista a actuação dos Apollo Stars num concerto. Mais uma vez, a estória do barco soou a falso e, num comício do MRPP, surgiu o rumor de que o Apollo pertencia à CIA (estávamos na altura do PREC e as forças de esquerda lutavam contra a intromissão dos Estados Unidos nos nossos assuntos internos). Uma multidão em fúria decidiu atacar o navio (com pedras, paus e outros objectos) chegando a atirar à água duas motos e dois pequenos carros pertencentes aos tripulantes. Após a escaramuça entre cientologistas e madeirenses (que terá durado mais de uma hora) o navio teve de abandonar o porto... Ao que consta, Hubbard estava a bordo do Apollo nessa altura e este incidente marcou o fim da sua abordagem aos países da Europa e Norte de África.

    Percurso da Igreja

    A Cientologia instalou-se permanentemente em Portugal no início da década de 80, sendo na altura dirigida por espanhóis da filial do país vizinho. Durante vários anos a IC tem-se dedicado a abordar transeuntes, convencendo-os a fazer um «teste de personalidade» e tentando persuadi-los a inscreverem-se num dos seus cursos. Vem utilizando também pequenas acções de publicidade, como anúncios nos jornais ou a distribuição dos anteriormente referidos folhetos sobre o livro Dianética.

    A imprensa portuguesa tem dedicado alguma atenção às actividades desta seita. O semanário «Tal & Qual» relatou a saga de Mafalda, que foi tirar um curso à Dinamarca e fugiu, tendo a embaixada portuguesa financiado a sua viagem de volta. Em 1984, Victor Paulo trabalhou na Igreja durante 3 meses e saiu, desiludido com o que lá encontrou. Em entrevista ao «Correio da Manhã», Victor descreveu os métodos de «sacar dinheiro», referiu uma conta secreta para onde ia 70% do dinheiro e relatava algumas alegadas práticas de «lavagem cerebral» em que as vítimas eram sujeitas a sessões de cura nas quais ficavam 1 ou 2 horas a olhar fixamente para os olhos do auditor. Victor Paulo referia que, após algumas sessões deste tipo, as pessoas ficavam «apanhadas da cabeça» e podiam depois ser facilmente convencidas a participar noutros cursos, gastando o seu dinheiro ou o da família. Após o abandono da seita, Victor Paulo queixou-se de receber vários telefonemas anónimos com ameaças...

    No início, a sede da Igreja situava-se na Travessa da Trindade, ao Chiado. Posteriormente, os cientologistas mudaram-se para a Rua Actor Taborda e, no passado dia 9 de Setembro de 1995, foram inauguradas as novas instalações, na Rua Conde de Redondo, em Lisboa, com a presença da responsável pela Península Ibérica, Antonia Navarro (que esteve presa em Espanha, em 1988, na sequência de um processo que ainda aguarda julgamento). Segundo um artigo do Diário de Noticias (10/09/95), a IC pretende agora também instalar-se no Porto. Já no início da década de 90 se tinha adiantado a hipótese da instalação de uma clínica de tratamento de toxicodependentes em Viseu (projecto Narconon - uma das organizações que faz parte da Cientologia).

    Conferências no IST

    Em Novembro de 1994, a Cientologia alugou um auditório no Instituto Superior Técnico, através de um jovem assistente do Departamento de Matemática (cujo nome preferimos aqui omitir) que frequenta cursos na Igreja. Esse assistente convenceu vários dos seus alunos do primeiro ano (e também outros alunos, já que pediu para intervir em aulas de outros professores) a participar numa das iniciativas que iriam ter lugar. Em 2 sábados consecutivos, dias 12 e 19, realizaram-se duas conferências distintas, subordinadas ao tema «Métodos de Estudo». O preço, simbólico, era de 3 mil escudos e abordaram-se 3 técnicas bastante simples. De acordo com alunos que participaram, apenas se aprenderam algumas regras de senso-comum e houve mesmo quem se sentisse defraudado. No final, pedia-se que as pessoas preenchessem um questionário com os seus dados pessoais e dessem uma opinião sobre a conferência a que tinham acabado de assistir. Foi nessa altura que alguns alunos descobriram que a organização da mesma estava a cargo da Igreja de Cientologia. Foram ainda convidados a participar noutro curso mais avançado, na sede da Igreja, que custaria à volta de 15 mil escudos. Segundo o que conseguimos apurar, alguns alunos aceitaram mesmo essa proposta.

    Entretanto, após a segunda conferência, a AEIST tomou conhecimento de quem organizava os eventos e apurou a existência de irregularidades no processo de aluguer da sala (o assistente tinha alugado o espaço em nome do Departamento de Matemática), posteriormente corrigidas pela IC. Também os cartazes de propaganda das conferências tinham sido afixados no 'campus' sem autorização. Desde aí, a Igreja Portuguesa de Cientologia não mais tentou efectuar qualquer iniciativa no Técnico e o assistente viu o seu caso resolvido internamente no Departamento que ainda integra.

    Mortes violentas em Lisboa

    Ainda no ano de 1994, houve um acontecimento grave que chamou a atenção para a Cientologia. A 29 de Julho, João Cancela, um empresário de 32 anos, irrompeu armado nas instalações da Igreja na Rua Actor Taborda e disparou várias vezes. Maria do Rosário Almeida, empregada no Ministério das Finanças e colaboradora da Cientologia, foi atingida mortalmente. Outro indivíduo ficou também ferido, tendo o homicida sido dominado por José Jesus, outro colaborador e funcionário da Carris. João Cancela foi imediatamente preso e, segundo o jornal «O Independente», confessou ao juiz a sua intenção de matar e a sua «intensa antipatia à doutrina da Igreja de Cientologia». Após a detenção, a condição psicológica de João Cancela agravou-se rapidamente e este foi mesmo transferido para o Hospital Psiquiátrico de Caxias, onde viria a suicidar-se, por enforcamento, a 16 de Agosto.

    Da investigação feita pelo Independente conclui-se que João Cancela não teria, aparentemente, qualquer ligação prévia com a Cientologia, desconhecendo-se as motivações para cometer aquele acto de violência. As diligências feitas pelo Diferencial também não permitiram encontrar factos novos referentes a este caso, parecendo confirmar-se a versão que a presidente interina da Cientologia nos tinha adiantado, segundo a qual o homem sofria de perturbações mentais. Filomena Pereira, que acedeu a conversar com o nosso jornal para abordar vários temas, alegou desconhecer quaisquer actividades obscuras da Cientologia, assim como as derrotas judiciais no estrangeiro, e negou as acusações que alguns fazem à Igreja. Aliás, esta responsável garante mesmo aos membros portugueses da Cientologia que a Igreja nunca perdeu um único caso em tribunal!...

     

    Aqui esta uma ideia do que e a cientologia

    Rouvado neste site !!! clique Aquiiiiiiiii !!!!!!! 

     
  • Carlos Oliveira vai cumprir a pena de prisão a que foi condenado

    Carlos Oliveira detido para cumprir pena de prisão pela morte de Vaz de Morais

    Carlos Oliveira, condenado por ser o autor do homicidio de Vaz de Morais, foi detido esta semana para cumprir uma pena de 18 anos de prisão.

    Carlos Oliveira, condenado pelo tribunal de Pombal a 18 anos de prisão pela prática do crime de homicidio do engenheiro Vaz de Morais, foi detido na passada terça-feira, 25 de Setembro, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Leiria para cumprir a pena, depois do Tribunal Constitucional não ter deferido o recurso apresentado pela defesa.

    De acordo com a Rádio Cardal, Carlos Oliveira foi detido ao final do dia por elementos da Guarda Nacional Republicana quando se encontrava na imobiliária da qual é proprietário juntamente com a sua esposa.

    Recorde-se que o arguído foi condenado em 29 de Junho de 2006 pelo Tribunal Judicial de Pombal a 18 anos de prisão, pelos crimes de falsificação, burla agrava e homicidio do engenheiro civil e antigo autarca, Alfredo Vaz de Morais, em Março de 1999. Do qual era seu colaborador directo. No momento da leitura da decisão, o juiz presidente disse que "com as provas produzidas a conclusão é que o senhor, diga o que disser, praticou os factos".

    A defesa, protagonizada pelo advogado Vítor Faria, veio a recorrer da decisão para o Tribunal da Relação de Coimbra, que viria a julgar improcedente o recurso e manteve a decisão do tribunal de Pombal. Um novo recurso deu entrada no Supremo Tribunal de Justiça, que viria também a manter a decisão da primeira instância, tendo julgado improcedente o recurso.

    Agora foi a vez do Tribunal Constitucional ter indeferido o recurso interposto pela defesa. Uma situação que levou o tribunal de Pombal a emitir um mandado de detenção, para que Carlos Oliveira cumpre a pena a que foi condenado.

    O "Notícias do Centro" tentou contactar o advogado Victor Faria mas o mesmo encontrava-se em primeiro em reuniões e posteriormente ausente do seu escritório.

     

    Informação - Noticias do Centro 

  • TGV risca de dividir a Assanha da Paz em duas partes

    Assanha da Paz em pé de guerra
     
    Texto deAdriana Afonso
     
    É quase uma ironia do destino, mas em Assanha da Paz, freguesia de Almagreira, os habitantes estão em pé de guerra. O motivo é o traçado do TGV, que poderá causar graves prejuízos na localidade, incluindo interferências com infra-estruturas e actividades económicas, e até mesmo a demolição de algumas casas recentes. Mais de uma centena de pessoas já se reuniu, na passada segunda-feira, para uma sessão de esclarecimento, promovida pela Junta de freguesia; e ontem (quarta-feira) estava previsto um encontro com o presidente da Câmara Municipal de Pombal, Narciso Mota. Para além disso, um abaixo-assinado já está a decorrer.
    Os “vizinhos serão divididos por um comboio que não nos traz nada de substancial”. A afirmação é do próprio presidente da Junta, Fernando Matias, que está a mobilizar a população para, até ao próximo dia 09 de Outubro - último dia para a apreciação do Consulta Pública do Estudo de Impacte Ambiental da Ligação Ferroviária de Alta Velocidade entre Lisboa e Porto, no troço entre Alenquer (Ota) e Pombal - fazer chegar o descontentamento a quem de direito. Apesar de referir que “ainda não há uma confirmação exacta do traçado”, o autarca acrescenta que o mesmo “divide a localidade em duas e prevê a demolição de, pelo menos, duas habitações recentes. As pessoas não estão contentes, sobretudo as que têm um projecto de vida na Assanha da Paz, que é uma localidade com uma forte capacidade de expansão”.
    Da reunião, realizada no ATL da Assanha da Paz, junto à capela, participaram “entre 120 a 130 pessoas”, afirma Fernando Matias. No encontro, que durou mais de mais de três horas, foi formada uma comissão, com sete membros, que iria reunir-se ontem (quarta-feira) com Narciso Mota. Além disso, foram chamadas duas pessoas, em cada localidade daquela freguesia, para mobilizarem um abaixo-assinado, a ser entregue à Agência Portuguesa do Ambiente.
    m estudo envolto em sigilo
     
     
    Humberto Lopes, secretário da Junta de Almagreira, contou a O ECO que a autarquia só teve conhecimento do traçado no final de Agosto. “Quando chegou à Junta, entrámos em contacto com a Agência Portuguesa do Ambiente para saber mais pormenores”.
    Houve uma sessão de esclarecimento para as cerca de 70 autarquias envolvidas, no dia 19 de Setembro. “Fomos os três (presidente, secretário e tesoureiro) de Almagreira, com o presidente da Câmara, a Lisboa para conhecer as implicações”, adianta Humberto Lopes. Questionado pel’O ECO se outro autarca foi, este responsável adianta que “não”. O que foi apresentado não agradou e, “na viagem para cá decidimos marcar uma sessão de esclarecimento com a população”. Foi o tempo de passar a mensagem, mas missas e cafés, e na passada segunda-feira realizou-se a reunião.
    De acordo com Humberto Lopes, “ainda não consegui consultar o processo completo na Câmara”. Nem mesmo o pedido para o visionamento do mesmo, que em sede da junta, não foi aceite. “Não entendo porquê tanto sigilo. Há pessoas da Assanha da Paz que, primeiro que pudessem consultar o processo, tiveram quase que pedir por favor. Não estão habituados a que as pessoas peçam para ver”. Os moradores que quiserem mais esclarecimento podem consultar o executivo da Junta de Almagreira, que se compromete “a fazer os possíveis”.
     
    Informação - Jornal o Eco 

  • vabéy

    Google PR™ - Post your Page Rank with MyGooglePageRank.com

  • RE: Portugal está à beira da catástrofe.

    Portugal está à beira da catástrofe.


    Hoje temos políticos que não juraram bandeira, que só sentem o poder do dinheiro e que não têm a cultura ética que as forças armadas ensinavam.

    "Povo Que Lavas no Rio"

    A inesquecível Amália Rodrigues cantava "Povo que lavas no Rio".

    Hoje já é :
    "Povo que pares nas ambulâncias";
    "Povo que pares em Badajoz";
    "Povo que tens de ir a Cuba fazer operação às cataratas" ;
    "Povo que não tens consulados suficientes " ;
    "Povo que tens de continuar a emigrar";
    "Povo que tens de ir comprar combustível a Espanha;
    "Povo que não tens professores de português nos países para onde vais trabalhar";
    "Povo que não tens centros de saúde";
    "Povo que vês os outros países crescerem e tu minguas";
    "Povo a quem o Estado multa a torto e a direito";
    "Povo de mão estendida na pedincha";
    "Povo que não tem justiça, agricultura, indústria, pescas, voz no Mundo";

    Os "Filhos da Nação" vai enriquecer os outros Povos, trabalhando lá, fazendo esses países mais ricos e nós mais pobres.

    Portugal é cada vez mais um País de velhos e funcionários públicos, profissionais liberais, alguns comerciantes e nada mais.

    E de imigrantes. Felizmente os imigrantes ainda vão vindo, já menos, mas vão vindo. São muito importantes porque sem eles o País parava.

    Portugal está à beira da catástrofe.

    Não se trata de eu ser pessimista. Isto é de um realismo enorme.

    A reserva moral da nação cada vez está mais no estrangeiro, na emigração, que no interior.



    Portugal está a drenar riqueza para Espanha. Espanha cresce. Milhares e milhares de portugueses deixam as estatísticas do desemprego, porque vão embora. E depois já não voltam.

    Portugal perde sangue novo e empobrece.

    Portugal não é um Pais de oportunidades. José Sócrates e o Governo Português estão a enganar o Povo. As oportunidades são para os estrangeiros que compram as herdades na zona do Alqueva, as empresas em todo o Pais, os bancos, as seguradoras, a PT, a EDP, a Galp, os barcos de pesca e as licenças.

    Há forças a trabalhar para Portugal mínguar, ser cada vez mais fraco.Menos influente.

    Algo tem de ser feito.

    Mas com mais de 4 milhões de emigrantes , e uma emigração sem parar, não vamos a lado nenhum.

    Há que mudar de políticos, de sistema político, de sistema judicial, de sistema educativo, de mentalidade .

    Antes nós cumpriamos o Serviço Militar Obrigatório. Era um momento de festa e que criava laços, métodos, nos ensina a amar a Pátria, nos fortalecia o orgulho na nossa história. Era um momento em que os jovens aprendam a solidariedade e a obedecer, a fazer sacrifícios.Um levava chouriço e outro broa, um pão de milho e outro de centeio, vinho das várias regiões, conviviamos, ,era maravilhoso.

    Tudo isso acabou. Os jovens hoje se não fosse a selecção Nacional de Futebol talvez nem soubessem o hino nacional.

    Hoje temos políticos que não juraram bandeira, que só sentem o poder do dinheiro e que não têm a cultura ética que as forças armadas ensinavam. 
    José Maria Martins

  • RE: Estamos mesmo doidos, sim senhor!

     
    -----Message d'origine-----
    De : PORTUGALsomosNós [mailto:cardigos@cardigos.biz]
    Envoyé : vendredi 28 septembre 2007 04:51
    À : Undisclosed-Recipient:;
    Objet : Estamos mesmo doidos, sim senhor!

    Estamos mesmo doidos, sim senhor!
     
    de Orlando Castro
    É pelo menos insólito o que aconteceu esta noite na SIC Notícias. Santana Lopes foi convidado para uma entrevista, na SIC Notícias, na qual dissertou sobre a possibilidade de (sobre)vivência do PPD/PSD. No auge da sua análise, Santana Lopes foi interrompido porque nada há de mais importante no país do que o futebol.

    Teria Scolari levado um soco? Teria Jesualdo Ferreira sido demitido por obra e graça de Nossa Senhora de… Fátima? Teria desabado o Estádio do Dragão?

    Não. Mais importante do que a entrevista, segundo os cada vez mais boémios e etílicos critérios jornalísticos da praça portuguesa, era a chegada de José Mourinho às ocidentais praias lusitanas depois de ter descoberto o caminho aéreo para enriquecer à sombra da bananeira.

    Assentada a poeira causada pela descoberta da pólvora sem fumo, a entrevista recomeçou. Isto é, Santana Lopes partiu a loiça (ao estilo da das Caldas), considerou que, afinal, Mourinho era mais importante do que “todos nós”, afirmou que “o país está doido”, porque sobrepõe um treinador de futebol a um debate sobre a situação política do país… e foi-se embora.

    Finalmente, a propósito das Caldas, alguém mostrou que de quando em vez aparecem alguns que os têm…

    Quanto aos boémios e etílicos critérios jornalísticos da praça portuguesa está tudo dito. A bem da Nação, seja ela ou não “socretina”.   Orlando Castro - Porto
    *****************************************************
     
     
    Um treinador, um país e uma atitude
     
    Até nem gosto da pessoa do Dr. Pedro Santana Lopes; nunca gostei, contudo, não posso ficar indiferente à atitude que tomou perante as câmaras de televisão da SIC.
    Para o bem e para o mal, Pedro Santana Lopes foi primeiro-ministro de Portugal e, como tal, é merecedor de maior cautela perante a opinião pública do que um qualquer — mesmo qualquer, por muito importante que seja, por muitos campeonatos ganhos e por muito dinheiro embolsado — treinador de futebol. Mourinho tem o seu lugar nos relvados onde se dão chutos numa bola, Pedro Santana Lopes, com incompetências governativas a vários níveis, foi primeiro-ministro e não pode ser ultrapassado na importância televisiva por aquele que vem de Inglaterra e, pelos vistos, faz parar um esclarecimento político importante.
     
    José Mourinho não é uma “pessoa mais importante do que todos nós”, como disse Pedro Santana Lopes… Pelo menos, não é mais importante do que eu. Não lhe reconheço valor de espécie nenhuma, porque nem faz parte do universo das minhas preocupações pessoais, enquanto que, para o mal e para o bem, reconheço importância (pouca é certo mas reconheço) ao Dr. Pedro Santana Lopes.
     
    Até nem gosto do PPD/PSD, mas gostei e louvei a atitude de Santana Lopes.
    Fiquem com as imagens e com os esclarecimentos atabalhoados de uma locutora apanhada de surpresa pela atitude de alguém que sabe que não pode ser como foi.Coronel Luís Alves de Fraga

  • Rancho folclorico - alegrias de Villers sur Marne

     
     
     

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     

  • Rancho Folclorico - Ceifeiras do Minho - Chelles

     
     
     
     
     
     

  • RE: DIVIDA

     
    -----Message d'origine-----
    De : PORTUGALsomosNós [mailto:cardigos@cardigos.biz]
    Envoyé : jeudi 27 septembre 2007 14:20
    À : Undisclosed-Recipient:;
    Objet : DIVIDA

    DIVIDA EXTERNA DE PORTUGAL       26/09/2007

    $  272.200.000.000

    DUZENTOS E SETENTA DOIS MIL MILHÕES DE DOLARES

    DUZENTOS E SETENTA DOIS BILIÕES DE DOLARES

     

    É verdade !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Qual deficit nas contas públicas de 3 % , qual que, isso não é nada !!!!!!!!!!!!!!!!!

    Nossos políticos, com a cumplicidade de toda a imprensa portuguesa, enterraram nosso país de vez.

    Porque a imprensa económica não divulga a realidade de nosso país ?

    Porque pertencem a mesma MÁFIA que governa nossas vidas.

    No ano de 2003, nossa divida externa era de 13,1 mil milhões de dólares. Hoje, no ano de 2007, nossa divida externa é de 272 mil milhões de dólares.

     

    Em um ano passamos de 13 para 250 mil milhões de dólares !

    GOSTARIA DE SABER ONDE FORAM GASTOS 237 MIL MILHÕES DE DOLARES EM UM ANO ( DE 2003 A 2004 ) !!!

    POR FAVOR, ME ESCLAREÇAM …………….

    Gostaria de ser esclarecido pelo poder político, como Portugal irá saldar esta dívida?

    Vão aumentar ainda mais os impostos que pagamos?

    Vão contrair outros empréstimos para saldar os actuais?

    Quem foi o responsável por este descalabro?

    Onde estava a fiscalização da Assembleia da Republica?

    Onde estava a fiscalização do Tribunal de Contas?

    EM QUE FORAM GASTOS 272 BILIÕES DE DOLARES ?

    NOS ESTADIOS DE FUTEBOL?

    NOS DOIS SUBMARINOS DE 900 MILHÕES DE EUROS ?

    NOS 500 MILHÕES DE EUROS GASTOS NOS AVIÕES F-16 DA FORÇA AÉREA ?

    NO PERDÃO DA DÍVIDA AOS PAÍSES CORRUPTOS AFRICANOS?

    NA GENEROSA E DESINTERESSADA AJUDA Á TIMOR ?

    NA BARRAGEM CAHORRA BASSA, EM QUE PORTUGAL PERDOOU 1,5 MIL MILHÕES DE EUROS Á MOÇAMBIQUE ?   

     

    Porque a imprensa económica nunca faz referência a divida internacional de Portugal ?

     

    Cumplicidade é a resposta !! 

     

    Cumplicidade de todos ( políticos / imprensa / empresários / governo / bancos ).

    Nós contribuintes portugueses estamos cá para pagar, e bem pago, para sermos escravos de uma classe politica portuguesa corrupta e ineficaz.

    As autarquias durante anos se endividaram nos bancos, sem terem condições para o fazer. Foram praças publicas construídas / destruídas / e outra vez reconstruídas. Dinheiro jogado ao lixo, nosso dinheiro !!!!!

    Foi o governo central, dando subsídios para as regiões autónomas, e sendo avalista de empréstimos sem retorno económico possível ( Torrar Dinheiro ).

    Foi a criação de Fundações Públicas que escapam ao controlo do Tribunal de contas. Sendo estas fundações um cabide de empregos para: filhos de deputados e presidentes de câmaras, amigos e cúmplices.

    NÃO SE ENGANEM, TODOS NÓS CONTRIBUINTES PORTUGUESES VAMOS PAGAR MUITO CARO !!!!!!!!!!!!!!!

    Cada português ( homem, mulher e criança ) deste país, deve     $ 27.200 dolares em dívida externa aos bancos internacionais.

     

    Salve quem puder …………………………………

    Por mim, digo-lhes que vou pagar impostos em Espanha, e que se f### o estado português, mais o Zezinho Sócrates  !!!!!!!!!!!!!

    TCHAU, AMANHEM-SE PORTUGUESES ……………………

     

    RAMIRO LOPES ANDRADE

    ENGENHEIRO CIVIL

  • II Concentração de Motas Antigas da Machada

    Raquel:
    27/09/2007 19:32:46
     
    Olá, boa tarde a todos. Só para deixar o link para o meu blog onde
    publiquei um video (sem som) da concentração de motos
    na machada em agosto deste ano. aqui fica: http://machadaonline.blogspot 
     
     
     
    Mil parabens - Magnifiiiiccoooooo !!!!!!!!!!!
     
     

    podcast
     
     
    Obrigado Raquel ..!!!!!!!   Parabens pelo bonito video 

  • Aqui fica em primeira mão o novo Quim Barreiros

    A diferença e que este canta mesmo in Live o que não acontece com os ( grandes ) 
     
     
     

  • Rancho folclorico - Ceifeiras do Minho - Chelles - ( 77 ) Festival do Benfica de Acheres