Ok

En poursuivant votre navigation sur ce site, vous acceptez l'utilisation de cookies. Ces derniers assurent le bon fonctionnement de nos services. En savoir plus.

  • RE: [COMUNIDADE EM MOVIMENTO] MENSAGEM DOS COLECTIVOS DE DEFESA DOS CONSULADOS DE...

     

     

    -----Message d'origine-----
    De : fonseca.antonio [mailto:fonseca.antonio@wanadoo.fr]
    Envoyé : jeudi 31 mai 2007 19:08
    À : "Undisclosed-Recipient:;"@orange.fr
    Objet : [COMUNIDADE EM MOVIMENTO] MENSAGEM DOS COLECTIVOS DE DEFESA DOS CONSULADOS DE...

     

    MENSAGEM A TODOS OS CIDADÃOS PORTUGUESES

     

    Caros Compatriotas,

    Entramos em período de comemoração do dia 10 de Junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. Infelizmente, este ano, para os portugueses e luso descentes em França, tal comemoração significará sobretudo muita incompreensão, tristeza e revolta.

    O Governo de Portugal está decidido, sem motivos plausíveis e defraudando promessas feitas, a alienar património do Estado e a encerrar quatro Consulados em França: Nogent, Versalhes, Orléans e Tours. A consumar-se, tal facto, isso seria desastroso para todos os portugueses e para Portugal.

    Sustentados por legítimos sentimentos de injustiça e de abandono, os portugueses e luso descendentes em França, apoiados por inúmeros responsáveis políticos franceses e portugueses, manifestaram com civismo e determinação contra o encerramento dos Consulados. No entanto, o Governo, por autismo político e também por capricho, permanece insensível e surdo aos nossos protestos e apelos ao diálogo.

    É evidente que os portugueses e luso descendentes em França, precisam e merecem uma rede consular moderna e eficiente, capaz de responder às suas necessidades e à manutenção da sua ligação com Portugal. Também é evidente que o nosso País precisa dos Consulados a funcionar em pleno, como instrumentos do reforço das suas posições em França nos domínios político, económico e cultural.

    É por isso que somos a favor de uma reestruturação consular! É também por isso que somos contra a actual liquidação consular que o Governo tenta impôr a todos os portugueses!

    O Governo justifica o encerramento dos quatro consulados em França, por alegados motivos económicos. Pela nossa parte, consideramos que todos os cidadãos portugueses têm o direito de saber que, bem pelo contrário, esses Consulados são rentáveis e que até o seriam mais se a maioria das receitas oriundas dos emulamentos consulares não fosse desviada para o “saco azul” do FRI. Que de França, enviamos todos os dias para Portugal, mais de três milhões de euros. Que somos em simultâneo os primeiros e os maiores Embaixadores de Portugal, em todas as latitudes. E que, mesmo se estámos fora do nosso País, também somos cidadãos portugueses.

    Por estas razões, às quais poderiamos acrescentar outras, consideramos que o Governo tem a estrita obrigação de nos dar todo o apoio possível e tratar-nos com a maior atenção. Ou seja, de nos escutar, respeitar, proteger, valorizar e dignificar!

    É por isso que estamos determinados e que com o vosso apoio e a vossa mobilização, as acções contra o encerramento injustificado dos quatro postos consulares em França, vão continuar.

    Participem na Concentração do próximo dia 9 de Agosto, na Praça do Rossio, em Lisboa!

    Viva o dia 10 de Junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades!
    Viva Portugal!


    Mensagem emitida pelos Colectivos de Defesa dos Consulados de Portugal em França

    Consulte o nosso blog em: COMUNIDADE EM MOVIMENTO

  • Vila do Conde: Aos quatro anos ganhou 15 milhões de euros

    O pequeno Rui de quatro anos tem um dom: no espaço de um ano já é a terceira vez que a sua chave é premiada no Euromilhões. Depois de dois prémios menores, de 15 e 250 euros, na passada sexta-feira, o menino ficou milionário. Os números escolhidos, há um ano atrás, renderam--lhe 15 milhões de euros. Em Bagunte, freguesia de Vila do Conde, onde reside com os pais, Inês e Joaquim, não se fala noutra coisa. “A casa dos milionários é ali para cima”, indicou ao CM um popular.

    O rapaz tem um fascínio pela máquina de registar o Euromilhões. Veja bem que uma vez se pôs a mexer na máquina e registou boletins no valor de mais de 300 euros. Mas os pais aperceberam-se a tempo e puderam anular”, disse ao CM um amigo do casal que é proprietário de um pequeno café no Largo de Santa Ana. O menino é descrito pelos vizinhos como sendo “muito inteligente”.

    A feliz combinação de números (25, 26, 29, 49, 50 e as estrelas 7 e 8) saiu da cabeça de Rui há um ano e foi premiada com 250 euros. Desde essa data que Rui e os pais não mudaram de chave.

    Apesar de tentarem por todos os meios manter a normalidade das suas vidas, a família milionária já teve de mudar rotinas. A pressão dos meios de Comunicação Social fez com que Inês e Joaquim fugissem da sua aldeia. “Decidiram sair daqui. Os jornalistas começaram a chegar e eles foram para o Porto. Não sei quando é que voltam”, disse uma tia da mãe de Rui.

    A mesma familiar deu conta ao CM de que a professora do jardim-de-infância que Rui frequenta está receosa pela segurança do menino.

    O assédio não é só de populares, que querem partilhar a sua alegria com os milionários. Também as instituições bancárias começam a aliciar a família. “Logo de manhã, veio cá um senhor do Santander que queria falar com eles”, disse a tia.

    Segundo a irmã de Inês, Verónica, o pequeno Rui não percebe muito bem o que está a acontecer e não tem consciência da dimensão do seu feito. Já Joaquim e Inês tentam reagir com normalidade e ainda ontem o pai levou o menino a ver um jogo de futebol do Bagunte.

    “Acho que ainda não caíram neles e não fizeram grande festa. Foi tudo tranquilo”, contou a Verónica, que não quis entrar em muitos pormenores a pedido da irmã.

    No café da família, os clientes e amigos confirmaram que aparentemente o casal não ficou de repente “excêntrico”.

    “Não houve festa nenhuma. Só para ter uma ideia, nem um cafezinho foi à borla”, atirava para o ar uma freguesa. Por enquanto, o casal pensa apenas em adquirir uma casa nova e fazer uma viagem.

    No sorteio de sexta-feira, dos dez premiados com o segundo prémio, no valor de 264 448,14 euros, quatro são portugueses.

    CORREIO DA MANHA

  • A chuva estragou a festa - Mas a capela serviu de sala de festas

    Passei ontem no fim da tarde a esta festa que estava quase a acabar estava tudo previsto para ser uma grande tarde de festa mas o tempo estragou um pouco os projectos desta associacao - Ainda bem que o padre pirmitiu a utilizacao da capela para actuacao dos ranchos folcloricos e o servico de restaurante e bar
    ae2ccff33fba5cbe15a028981a291210.jpg
    Algumas fotos tirados no local

  • Palavra aos presidentes das associacões em Conflans - Tirar uma foto com muito trabalho

  • yty

    Videos - youtube

    www.1portugal.com 

  • O Pinheirinho esta de luto

    Mais uma triste noticia que acabei de receber sobre a morte de mais um jovem do Pinheirinho que tive o prazer de conhecer e guardo dele uma imagem de um rapaz exemplar .

    Foi na noite de sábado para domingo que morreu : TIAGO GAMEIRO que tinha salvo erro 21 anos - Era filho do Norberto e da Albertina que habitam no Pinheirinho.

    O acidente ocorreu na zona de Monte Redondo no carro no momento do acidente também se encontrava um jovem da Foz o Toze que e filho do Mário Esperanço que sofreu ferimentos ligeiros segundo informações.

    Para os pais do Tiago e para o seu irmão Diogo os meus sentimentos profundos por esta injustiça.

     

    Amândio de Oliveira