Ok

En poursuivant votre navigation sur ce site, vous acceptez l'utilisation de cookies. Ces derniers assurent le bon fonctionnement de nos services. En savoir plus.

Acabou a corrida a facturação desonesta nos restaurantes em Portugal.

Tabla-230x230.jpgJà varias vezes escrevemos aqui sobre o que eu considero um abuso da parte de alguns restaurantes em Portugal, a técnica consistia a meter na mesa, as entradinhas, como eles dizem, manteiguinhas, conservas, tiras de presunto e outras lambarices. Quem tem filhos pequenos sabe como é !

Os miúdos quando se sentam a mesa, começam logo a comer do que houver na mesa e quando chega a adição, os tipos levavam tanto dinheiro pelas entradas, como pelos pratos principais. A partir de agora, se não pediu as entradas, também as pode comer (lol) e desta vez não as tem que pagar, porque foi votada uma lei que diz, que só tem que pagar o que encomenda e ser informado dos respectivos preços.

Os restaurantes que não respeitarem esta regra, arriscam de pagar uma multa, que vai de trezentos euros e os 180.000 € . acho que a margem é um absurdo, mas temos uma lei que nos protege a nos consumidores, aqui fica o que diz a lei : "Nenhum prato, produto alimentar ou bebida, incluindo o 'couvert', pode ser cobrado se não for solicitado pelo cliente ou por este inutilizado, conforme se lê no artigo 135 do Regime Jurídico do Exercício de Actividades de Comércio, Serviços e Restauração, em vigor desde 1 de Março", explicou o especialista em direito do consumo."

Esta na altura de propor aos Portugueses, menus completos, como é praticado pelos restaurantes Portugueses em Franca, também já se vê em Portugal, completas com tudo incluído, pouco a pouco là vamos chegando

Les commentaires sont fermés.